Saltar os Menus

Vasco Santana

Vasco António Rodrigues Sant’Ana (Lisboa, Benfica, 28 de Janeiro de 1898 — Loures, Caneças, 13 de Junho de 1958), mais conhecido como Vasco Santana, foi um dos maiores actores portugueses.

O pai era Henrique Santana, ensaiador e cenógrafo-maior do teatro em Portugal e sua mãe Maria Filomena Rodrigues Sant’Ana.

Chega ao teatro em 1917 na peça “O Beijo”, em exibição no teatro Avenida, em Lisboa.

No dia 13 de julho de 1958, Vasco Santana morreu.

Actor Vasco Santana. 1929-11-17. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 15, doc. 1618D

O actor Vasco Santana reclamando uma mão de nabos. 1928-01-29. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 8, doc. 206C

Aspecto da festa na Colónia Balnear Infantil de O Século. O actor Vasco Santana recitando. 1930-09-14. Portugal, Torre do Tombo, Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 17, doc. 1155E

Margarida de Almeida e Vasco Santana. 1934-08-09. Portugal, Torre do Tombo, Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 31, doc. 1796I

“Festa comemorativa do 1.º aniversário da hertziana […]”. 1930-02-14. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 16, doc. 203E

“Festa na Colónia Balnear Infantil […]”. 1930-09-14. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 17, doc. 1152E.

Descubra mais na Torre do Tombo…

  • “Chegada a Lisboa da companhia Mirita Casimiro – Vasco Santana”.1939-02-05. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 62, doc. 373N
  • “Chegada a Lisboa da companhia Mirita Casimiro – Vasco Santana”.1939-02-05. Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 62, doc. 375N
  • Anúncio a “Concurso Figuras da Actualidade” promovido pelo Jornal “O Século”. Cópia de filme, com o anúncio onde entram figuras conhecidas como o actor Vasco Santana. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, DVD 1
  • “Chegada a Lisboa da companhia Mirita Casimiro – Vasco Santana”. 1939-02-05.
  • Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 62, doc. 373N
  • “Chegada a Lisboa da companhia Mirita Casimiro – Vasco Santana”. 1939-02-05.
  • Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 62, doc. 374N.
  • “O actor Vasco Santana”. 1939-08-18. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 70, doc. 4169N.
  •  “Os artistas e o realizador do novo filme português «O Pai Tirano», quando da sua estreia no Eden”. 1941-09-19. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 81, doc. 2010P.
  • “Assistindo ao almoço oferecido aos «ardinas» na Adega Mesquita”. 1945-01-29. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 92, doc. 76T.
  • “No salão de festas de «O Século», durante o encerramento do 2.º ciclo de conferências sobre teatro”. 1947-06-11. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 96, doc. 786V.
  • “Na noite da sua festa artística, realizada no Teatro Variedades”. 1947-07-15. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 96, doc. 1085V.
  • “Na noite da sua festa artística, realizada no Teatro Variedades”. 1947-07-15. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 96, doc. 1086V.
  • “Na noite da sua festa artística, realizada no Teatro Variedades”. 1947-07-15. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 96, doc. 1087V.
  • “Na Feira Popular, na noite do Zéquinha, da Lélé e da Aquela Santa…”. 1947-08-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 96, doc. 1295V.
  •  “Na Feira Popular, na noite do Zéquinha, da Lélé e da Aquela Santa…”. 1947-08-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 96, doc. 1297V.
  • “Na Emissora Nacional, com as restantes figuras do folhetim do «Domingo Sonoro», interpretando o papel de «Zéquinha»”. 1947-10-18. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 97, doc. 1524V.
  • “Na Emissora Nacional, com as restantes figuras do folhetim do «Domingo Sonoro», interpretando o papel de «Zéquinha»”. 1947-10-18. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 97, doc. 1525V.
  • “Fazendo a apresentação das concorrentes à 7.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 548X.
  • “Fazendo a apresentação das concorrentes à 7.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 549X.
  • “Fazendo a apresentação das concorrentes à 7.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 550X.
  • “Fazendo a apresentação das concorrentes à 7.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 551X.
  • “Fazendo a apresentação das concorrentes à 7.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 552X.
  • “Fazendo a apresentação das concorrentes à 7.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 553X.
  • “Com os restantes membros do júri da Festa das Costureiras, realizada no Coliseu dos Recreios”. 1948-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 98, doc. 560X.
  • “O actor Vasco Santana”. 1950-01-03. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 103, doc. 9AB.
  • “Num momento de uma rábula da revista «É de gritos», em cena no Variedades”. 1950-06-03. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 103, doc. 581AB.
  • “Numa cena da comédia «O Padre Piedade»”. 1950-11-28. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 104, doc. 1091AB.
  • “O actor Vasco Santana”. 1950-12-31. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 104, doc. 1180AB.
  • “Na Brasileira do Chiado, distribuindo autógrafos pelos seus admiradores”. 1951-12-13. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 107, doc. 1450AC.
  • “O actor Vasco Santana com Elvira Velez, Costinha e Luisa Durão durante a interpretação de um «sketch» apresentado no acto de variedades da Festa das Costureiras”. 1952-07-03. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 109, doc. 856AD.
  • “Com António Silva e Maria Helena, numa cena da comédia «Uma visita que não bateu à porta», estreada no Variedades”. 1952-10-14. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 110, doc. 1295AD.
  • “Numa cena da comédia «Marido em Experiência», estreada no Variedades”. 1952-11-06. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 110, doc. 1384AD.
  • “Numa cena da farsa «Os irmãos Meireles»”. 1954-02-23. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 114, doc. 227AF.
  • “Numa cena da comédia «Três rapazes e uma rapariga», estreada no Vaeriedades”. 1954-04-22. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 114, doc. 532AF.
  • “O actor Vasco Santana contracenando com Palmira Bastos na peça «Avó Lisboa», estreada no Teatro D. Maria II”. 1956-02-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 120, doc. 164AH.
  • “Na festa de consagração, iniciativa do jornal «O Cronista», da actriz Palmira Bastos”. 1956-06-05. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 121, doc. 670AH.
  • “Durante o acto de variedades integrado na 15.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu”. 1956-07-12. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 121, doc. 845AH.
  • “Durante o acto de variedades integrado na 15.ª Festa das Costureiras, realizada no Coliseu”. 1956-07-12. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 121, doc. 846AH.
  • “Durante o almoço com que foi homenageado”. 1956-07-14. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 121, doc. 875AH.
  • “Aspecto do funeral de Vasco Santana”. 1958-06-14. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 127, doc. 743AJ.
  • “Com o Doutor José Galhardo e Alberto Barbosa trabalhando numa nova peça teatral”. 1940-03-23. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 116, doc. 1752.
  • “Com o Doutor José Galhardo e Alberto Barbosa trabalhando numa nova peça teatral”. 1940-03-23. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 116, doc. 1753.
  • “Com o Doutor José Galhardo e Alberto Barbosa trabalhando numa nova peça teatral”. 1940-03-23. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 116, doc. 1754.
  • “Vasco Santana”. 1940-04-06. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 118, doc. 1810.
  • “No papel do Mal – Cozinhado […]”. 1945-08-11. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 397, doc. 10680.
  • “Retrato”. 1945-12-15. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 415, doc. 11187.
  • “Retrato (cabeça)”. 1947-06-07. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 492, doc. 13167.
  • “Caricatura no personagem radiofónico de «Zéquinha»”. 1947-10-11. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 510, doc. 13573.
  •  “Fotos da sua vida, da sua carreira artística e do seu funeral”. 1958-06-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 1068, doc. 29505.
  • “Fotos da sua vida, da sua carreira artística e do seu funeral”. 1958-06-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 1068, doc. 29506.
  • “Fotos da sua vida, da sua carreira artística e do seu funeral”. 1958-06-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 1068, doc. 29507.
  • “Fotos da sua vida, da sua carreira artística e do seu funeral”. 1958-06-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 1068, doc. 29508.
  • “Fotos da sua vida, da sua carreira artística e do seu funeral”. 1958-06-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Século Ilustrado n.º 1068, doc. 29509.
  • Portugal, Torre do Tombo, Diário da Manhã e Época, Positivos, pt. N.º 5344
  • “Vasco Santana: prémio Alfredo de Carvalho (1946/47)”. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Arquivo Fotográfico, Documental, VI-IS, doc. 15969
  • “Arraial”. Revista em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Santos Carvalho, com música dos maestros Raúl Portela, Raúl Ferrão, António Lopes e Vasco de Macedo. Revista representada em 1933 no Teatro da Trindade e em 1934 no Coliseu dos Recreios. 1933 / 1934.Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos proc. 1031.
  • “O jogo da glória”. 1934. Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos proc. 1120
  • “Santo António”. 1934. Revista em dois actos em vinte e quatro quadros da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Luís galhardo Filho, com música de Raúl Portela, Afonso Correia Leite e Jaime Silva Filho. Peça aprovada com cortes e representada no Teatro Avenida. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc.1124.
  • “É agora ó Nicolau!”. 1934. Farça em três actos da autoria de António e Enrique Paso, adaptada por Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana. Peça representada no Teatro Avenida. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1131.
  • “A culpa é do Bibi”. 1935. Comédia em três actos da autoria de Paul Franc e Ludwig Hirschfeld, com tradução de Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana. Peça representada no Teatro da Trindade. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1158.
  • “Zé dos Pacatos”. 1934 / 1939. Revista em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, Xavier de Magalhães, José Galhardo e Vasco Santana, com música de Raúl Portela e Raúl Ferrão. Peça aprovada com cortes representada em 1934 no Teatro Apolo e em 1939 no Teatro Maria Vitória. Inclui vários aditamentos. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos proc. 1223.
  • “A loja do povo”. 1935. Revista em dois actos e vinte e um quadros da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Xavier de Magalhães, com música de Raúl Portela, Raúl Ferrão e Correia Leite. Inclui uma nota onde se afirma que “por ordem do Inspetor- Geral esta peça fica sem efeito, sendo substituída por outra com o mesmo título”. Peça representada no Teatro Avenida.
    Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1288.
  • “Coração de Alfama”. 1935 / 1941. Opereta popular em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, Vasco Santana, José Galhardo e Amadeu do Vale, com música de Venceslau Pinto, Raúl Portela e Raúl Ferrão. Inclui a acta nº 20 da comissão de censura. Inclui um aditamento. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1321.
  • “Adeus, Artur!”. 1936/ 1954. Farsa em três actos, adaptação de Artur Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana, representada no Teatro Nacional em 1936, aprovado para adultos em 1954 e representado e no mesmo ano em Buarcos pelo Grupo Caras Direitas. Peça aprovada com cortes. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1464.
  • “Arre burro”. 1936. Revista em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale, com música de Raúl Portela, Raúl Ferrão e Fernando de Carvalho. Peça aprovada com cortes, representada no Teatro Variedades. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1482.
  • “Ama e senhora”. 1936. Comédia em três actos da autoria de Adolfo Torrado e Leandro Navarro, adaptada por Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana, representada no Teatro da Trindade. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1488.
  • “O amor que chega tarde”.  1936. Peça em três actos da autoria de Pedro Mata e Perez Domenech, adaptação de Alberto Barbosa, José galhardo e Vasco Santana. Peça aprovada com cortes representada no Teatro da Trindade. Inclui a correspondência trocada entre a Empresa do Teatro da Trindade e as cópias dos ofícios enviados pela Inspecção de Espectáculos relativamente aos cortes impostos por esta.
    Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1518.
  •  “Os ardinas”. 1937. Peça em três actos adaptada de 20.000 duros de Leandro Navarro e Adolfo Torrado, por Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale. Peça representada no Teatro Variedades. Inclui as novas formas do 2º e 3º actos.
    Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espetáculos, proc. 1547.
  • “O menino está de purga”. 1937. Comédia em um acto da autoria de Georges Feydeau, com tradução livre de Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana. Peça aprovada com cortes, representada no Cine Odeon. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1594.
  • “A Feira das Mercês”. 1937/ 1940. Fantasia em dois actos e quinze quadros da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale, sob inspiração de uma obra estrangeira. Inclui música de Raúl Portela, Raúl Ferrão e Fernando de Carvalho. Peça aprovada com cortes, representada no Teatro Variedades. Esta peça ficou com este título a pedido dos autores, em 1940, já que em 1937 ela tinha a designação de “Estrela de Ouro”. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1636.
  • “A senhora da Atalaia”. 1937. Opereta em três actos da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale, com texto original intercalado de Francisco Viana e Wenceslau de Oliveira, música de Wencealau Pinto, Raúl Portela e Raúl Ferrão e um número de Alves Coelho. Peça aprovada com cortes, representada em 1937 no Teatro Maria Victória, em 1944 no Teatro Apolo e em 1954 no Centro Infantil de Vila Franca de Xira. Inclui três exemplares. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1690.
  • “Mamã bonita”. 1937. Comédia em três actos da autoria de Adolfo Torrado, adaptação de Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana. Peça aprovada com cortes, representada no Teatro da Trindade. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1714.
  • “O pateta alegre”. 1937. Peça da autoria de L. Navarro e Adolfo Torrado, com adaptação de A. Barbosa, Vasco Santana e José Galhardo. Peça aprovada com cortes, representada no Teatro Variedades em 1937 e em 1938 no Teatro Apolo. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1726.
  • “Olaré quem brinca!”. 1937/ 1938. Revista em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale, com música de Raúl Portela, Raúl Ferrão e Fernando de Carvalho. Revista aprovada com cortes representada no Teatro Variedades. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 1744.
  • “Ribatejo”. 1939 / 1943. Opereta popular portuguesa em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale, com música de Venceslau Pinto, raúl Portela e Raúl Ferrão, aprovada com cortes representada em 1939 no Teatro Variedades e em 1943 no Teatro Apolo. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 2102.
  • “O colete encarnado”. 1940/ 1955. Opereta em três actos e sete quadros da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Amadeu do Vale, com música de Venceslau Pinto e Raúl Ferrão, aprovada com cortes e representado em 1940 no Teatro Apolo, em 1946 no Teatro Variedades e em 1955 pelo Grupo de Amadores Dramático de Vila Franca de Xira. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 2355.
  • “Espera de toiros”. 1941. Revista da autoria de Amadeu do Vale, Aníbal Nazaré e Vasco Santana, aprovada com cortes e representada no Teatro Variedades. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 2523.
  •  “A noite de São João”. 1940 / 1942. Opereta em três actos e dez quadros da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana, música de Raúl Ferrão e Carlos Dias, proibida inicialmente pela Comissão de Censura para ser representada no Teatro Apolo e posteriormente aprovada após apresentação de nova versão. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 2730.
  • “A invasão”. 1945. Opereta romântica em dois actos e doze quadros da autoria de José Galhardo, Vasco Santana, Luis Galhardo e Carlos Lopes, música de Raúl Ferrão, Fernando de Carvalho e Fausto Caldeira, aprovada com cortes e representada no Teatro Maria Vitória. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos proc. 3132.
  • “Alto lá com o charuto!”. 1945. Revista em dois actos da autoria de José Galhardo, Vasco Santana, Luis Galhardo e Carlos Lopes, música de Raúl Ferrão, Fernando de Carvalho e António Melo, aprovada com cortes e representada no Teatro Variedades. Inclui a informação do censor. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 3239.
  • “O menino André”. 1949. Comédia em três actos da autoria de Bekeffy e Stella, adaptação de José Galhardo, Vasco Santana e Luís Galhardo Filho, representada no Teatro Variedades. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 3893.
  • “O meu menino”. 1950. Farsa em três actos da autoria de Franz Arnold e Ernst Bach, adaptação de José Galhardo, Santos Carvalho e Vasco Santana. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 3947.
  • “É de gritos”. 1950. Revista em dois actos da autoria de Alberto Barbosa, José Galhardo, Fernando Santos, Almeida Amaral, Vasco Santana e Lourenço Rodrigues, aprovada com cortes e representada no Teatro Variedades. Inicialmente esta revista intitulava-se “Fora o árbitro”. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 4036.
  • “Ninotchka”. 1950. Comédia em três actos da autoria de Melchior Lengyel e M. G. Sauvajon, tradução de Alberto Barbosa, José Galhardo, Vasco Santana e Luís Galhardo Filho, aprovada com cortes e representada no Teatro Maria Victória. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos proc. 4129.
  • “Os irmãos Meireles (o outro eu)”. 1954. Comédia em três actos de G. DEval e henequin, tradução de Vasco Santana, Francisco Ribeiro e Henrique Santana, aprovada com cortes, a representar no Teatro Variedades pela Companhia Vasco Santana. Inclui relatório do censor. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 4771.
  • “O Caso Barton”. 1954. Comédia em três actos de Georges Berr e Louis Verneuil, tradução de Vasco Santana, Francisco Ribeiro e Henrique Santana, aprovada com cortes, a representar no Teatro Variedades. Inclui relatório do censor. Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 4784.
  • “Mulheres há muitas”. 1954. Revista em dois actos de Ascensão Barbosa, Vasco Santana, Aníbal Nazaré, Nélson de Barros e Carlos Lopes, música de João Nobre e Carlos Dias, aprovada com cortes a representar no Teatro Variedades. Inclui relatório dos censores. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 4900.
  • “Sketches e números de music-hall”. 1930. Original de José Galhardo e Vasco Santana. Subiu à cena no Teatro S. Luís em 1930. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 560.
  • “O meu menino”. 1930 / 1938. Farsa em três actos da autoria de Franz Arnold e Ernst Bach, adaptação de José Galhardo, Santos Carvalho e Vasco Santana.
    Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 648.
  • “Vamos ao vira”. 1931. Revista em dois actos da autoria de José Galhardo, António Carneiro e Vasco Santana. Peça aprovada com cortes e representada no Teatro Avenida pela Empresa José Loureiro. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 809.
  • “A invasão”. 1967. Opereta romântica em dois actos e onze quadros de José Galhardo, Vasco Santana, Luiz galhardo Filho e Carlos Lopes, a representar pela Radiotelevisão Portuguesa. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 8347.
  • “O pai da criança”. 1932. Farsa em três actos de Abati e Reparaz, adaptada por José Galhardo, Vasco Santana e Luís Galhardo Filho. Peça representada no Teatro Politeama. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 860.
  • “A menina Adélia”. 1933. Farsa musicada em três actos, adaptada por Alberto Barbosa, José Galhardo e Vasco Santana, com música do maestro Wenceslau Pinto. Peça representada no Teatro Variedades. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 936.
  • “Ó Costa, vai-te matar!”. 1933. Farsa musicada em três actos da autoria de Carlos do Vale, adaptação de Alberto Barbosa, José Galhardo, Santos Carvalho, Vasco Santana, Carvalho Mourão e música do maestro Raúl Portela. Peça aprovada com cortes, representada no Teatro Variedades. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Direcção Geral dos Serviços de Espectáculos, proc. 951.
Última Actualização: 19 de Dezembro de 2017
Arquivo Nacional Torre do Tombo