Saltar os Menus

Torre do Tombo: de Real a Nacional

Pelo Decreto de 29 de Dezembro de 1887, publicado no “Diário do Governo” de 4 de Janeiro de 1888, o Arquivo, então designado por Real, ficou sob a dependência da Inspecção-Geral das Bibliotecas e dos Arquivos, por sua vez subordinada à Direcção-Geral de Instrução Pública, do Ministério dos Negócios do Reino.

Através do Decreto de 18 de Março de 1911, o Arquivo Torre do Tombo ficou dependente da Direcção-Geral da Instrução Pública, do Ministério do Reino, sendo-lhe estabelecido um horário de abertura ao público.

O Art. 24.º do mesmo decreto informa que o Arquivo da Torre do Tombo será denominado Arquivo Nacional.

Para ilustrar este evento de há 100 anos, veja alguns dos carimbos e timbres utilizados na Torre do Tombo.

carimbos-RA-11carimbos-RA-2carimbos-ANTT-1carimbos-ANTT-3carimbos-tt-1carimbos-tt-2

 

isba-3isba-1

 

 Sugere-se também o último ofício expedido pelo ainda Real Arquivo da Torre do Tombo, o primeiro ofício expedido pelo recém denominado Arquivo Nacional, e o Decreto de 18 de Março de 1911.

Veja a descrição destes documentos:

PT-TT-AA-0020_c0002PT-TT-AA-0020_c0003

m0001m0002

 Descubra mais na Torre do Tombo…

 … e na Biblioteca da Torre do Tombo

Última Actualização: 17 de Fevereiro de 2014