Saltar os Menus

Registo da Memória do Mundo

O Arquivo Nacional da Torre do Tombo é detentor do maior número de bens arquivísticos portugueses classificados pela UNESCO como integrantes do Registo ‘Memória do Mundo’.

O Programa Memória do Mundo foi criado em 1992 pela Unesco para sensibilizar o público sobre a necessidade de preservar e valorizar o património documental.

Vídeo ”Património Memória do Mundo, sempre uma descoberta…”

Os documentos inscritos no registo internacional são os seguintes:

Carta de Pêro Vaz de Caminha. Terra de Vera Cruz (Brasil), 1 de Maio de 1500. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gaveta 8, mç. 2, doc. 8.

PVazCaminha1

Porto Seguro, Vera Cruz, Brasil, l de Maio de 1500 – Carta de Pêro Vaz de Caminha ao rei de Portugal, D. Manuel I. Esta carta representa o primeiro documento que descreve a chegada ao Brasil mencionando a terra e o povo. Foi escrita no momento do primeiro contacto com este novo mundo. Pêro Vaz de Caminha era o escrivão encarregado de redigir o relato da viagem da armada sob o comando de Pedro Álvares Cabral, em viagem rumo à Índia. Esta carta é um documento único, não só pelo assunto, mas também pela qualidade da descrição das gentes e do território, e como testemunho do diálogo cultural com um povo até aí desconhecido na Europa. O documento comporta uma abundância de detalhes e de observações precisas, que nos colocam, hoje, no momento desse encontro. Pêro Vaz de Caminha começou a redacção da carta a 24 de Abril e concluiu-a a 1 de Maio, data da partida de uma das naus da armada em direcção a Portugal para anunciar a boa nova ao rei.

Certificado da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, de ter sido a Carta de Pêro Vaz de Caminha inscrita no registo Memória do Mundo, passado em 29 de Julho de 2005, pelo Director-Geral da UNESCO, Koïchiro Matsuura.

Veja este documento no nosso catálogo

Veja o registo deste documento na Memória do Mundo da Unesco

Leia a carta

 

Tratado de Tordesillas (versão castelhana), Tordesilhas, 7 de Junho 1494. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gaveta 17, mç. 2, doc. 24.

TTordesilhas1

O Tratado de Tordesilhas de 7 de Julho de 1494 consiste num conjunto de acordos entre os Reis Católicos, Fernando II de Aragão e Isabel I de Castela, e o rei D. João II de Portugal, que estabelece uma nova linha de partilha entre as duas coroas, de pólo a pólo, a 370 léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde. O tratado foi assinado após laboriosas negociações diplomáticas entre os embaixadores e os conselheiros jurídicos dos dois reinos. A alteração da linha de demarcação de partilha do mundo entre Espanha e Portugal fará nascer o Brasil, cuja extremidade oriental se encontrava na zona portuguesa. Este documentos é essencial para quem quer compreender a história da América e as relações económicas e culturais entre a Europa e a América. O tratado transformou-se então numa referência importante, não só em matéria de história do oceano Atlântico, mas também no que respeita à memória do mundo, porque permite o encontro de continentes e de civilizações separada por oceanos desconhecidos.

Certificado da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, de ter sido o Tratado de Tordesilhas inscrito no registo Memória do Mundo, passado em 2 de Agosto de 2007, pelo Director-Geral da UNESCO, Koïchiro Matsuura.

Veja este documento no nosso catálogo

Veja o registo deste documento na Memória do Mundo da Unesco

 

Corpo Cronológico (1161-1699). Portugal, Torre do Tombo, Corpo Cronológico.

CC1

Conjunto de 83.212 documentos, predominantemente do séc. XV e primeira metade do séc. XVI, verdadeiramente único de documentos públicos manuscritos, cujo interesse reside na informação e esclarecimento sobre as relações entre os europeus, sobretudo as dos portugueses com os povos africanos, asiático e latino-americanos, no período acima indicado. Trata-se, na realidade, de um património arquivístico de grande importância para o conhecimento da história política, diplomática, militar, económica e religiosa e numerosos países no período dos Descobrimentos.

Certificado da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, de ter sido a colecção Corpo Cronológico inscrita no registo Memória do Mundo, passado em 2 de Agosto de 2007, pelo Director-Geral da UNESCO, Koïchiro Matsuura.

Veja esta coleção no nosso catálogo

Veja o registo deste documento na Memória do Mundo da Unesco

 

Última Actualização: 13 de Março de 2017