Saltar os Menus

O Edifício da Torre do Tombo já tem 20 anos

 

Edificio-TT

Edifício da Torre do Tombo

Em 21 de Dezembro de 2010 assinalaram-se os 20 anos da abertura ao público do edifício do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, nas suas novas instalações na Alameda da Universidade, em Lisboa. Após o terramoto de Lisboa de 1755 a Torre do Tombo não mais deixou de ter instalações provisórias. A perseverança do Dr. José Pereira da Costa – recentemente falecido e a quem aqui também prestamos o nosso público reconhecimento – com a elaboração de um programa preliminar, ainda nos anos 70, e o desenvolvimento de um programa para concurso público, que terminou com a escolha, entre mais de 20 projectos concorrentes, o do ateliê de arquitectura de Arsénio Raposo Cordeiro.O lançamento da primeira pedra ocorreu a 17 de Junho de 1985.A Portaria n.º 740-P/2012 de 20 de novembro, publicada no Diário da República de 24 de dezembro de 2012 classifica como monumento de interesse público o Edifício do Arquivo Nacional da Torre do Tombo.
Neste aniversário, que agora se comemora, foi inaugurada uma mostra documental, onde se apresentam alguns dos aspectos que marcam a concepção do edifício, incluindo a maqueta original, mas contou também com uma conversa pública, na qual estiveram presentes, o arquitecto Arsénio Cordeiro e o escultor José Aurélio. O teor da conversa esta integralmente disponível aqui.
Com o intuito de incrementar o conhecimento de outras histórias sobre esta temática publicamos uma nota curiosa, de entre muitas outras que gostaríamos de recolher, da autoria de João Bonifácio Serra, agradecendo ao autor a autorização concedida. Este é também um apelo a todos quantos estiveram e estão envolvidos nesta causa dos arquivos, para que nos façam chegar as suas memórias e os seus olhares sobre este acontecimento, de forma a partilhar memórias e dar vida a nossa história.
Veja a notícia publicada num jornal sobre a transferência de instalações.

Pormenor-1-edificio-TT

 

O edifício da Torre do Tombo

A Torre do Tombo ‘vive’ num edifício grandioso e de formas simples. Foi construído de raiz para guardar documentos que representam mais de oito séculos de história. Veja aqui a apresentação com imagens do edifício.
A sua estrutura arquitectónica e opções estéticas, reflectem algumas preocupações fundamentais:
  • Guardar em boas condições de conservação e segurança um vasto e valioso conjunto de documentos;

 Deposito-2

  • Criar espaços de divulgação, como salas de leitura, auditório, sala de exposições;
 Sala-de-Leitura-2

  • Expressar de forma simbólica o significado e a importância dos documentos confiados à sua guarda.
Sala-de-Referencia

A base piramidal traz-nos à memória as pirâmides do Egipto, construídas para a eternidade, lembrando a missão deste arquivo em fazer perdurar a nossa Memória Colectiva… As iniciais do nome Torre do Tombo – TT – estão marcadas em toda a estrutura arquitectónica. Veja aqui a apresentação com as plantas do edifício
As fachadas, principais e posteriores, são encimadas por oito gárgulas, elementos escultóricos de grande significado e beleza. Veja aqui a apresentação sobre a concepção, execução e montagem das gárgulas

O Guarda dos Papiros

O Guarda dos Papiros

O Guarda do Alfabeto

O Guarda do Alfabeto

Última Actualização: 29 de Junho de 2015
Arquivo Nacional Torre do Tombo