Saltar os Menus

Expulsão dos Jesuítas

A 3 de Setembro de 1759 foi promulgada a “Lei dada para a proscrição, desnaturalização e expulsão dos regulares da Companhia de Jesus, nestes reinos e seus domínios”. Passaram agora, em 2009, 250 anos sobre essa data.

Os jesuítas foram admitidos em Portugal em 1540, com a vinda de dois dos primeiros companheiros de Santo Inácio de Loiola: o navarro Francisco Xavier (mais tarde canonizado) e o português Simão Rodrigues.

A sua presenção do longo dos tempos, apesar de descontínua, foi particularmente marcante no ensino e na missionação empreendida nos locais mais recônditos do mundo e, muitos dos seus membros são figuras proeminentes da nossa história.

Para ilustrar este evento foram seleccionados dois quadros existentes na Torre do Tombo e alguns documentos. Os quadros representam o famoso padre António Vieira (1608-1697) e o padre Francisco Suárez, o Granatense (1548-1617, jesuíta nascido em Granada e autor de numerosos pareceres existentes na colecção Armário Jesuítico e Cartório dos Jesuítas). Esta colecção está a ser objecto de tratamento arquivístico, permitindo disponibilizar agora cerca de 2400 novos registos descritivos.

Padre-Antonio-Vieira

Padre António Vieira

  

Padre Francisco Suarez

Padre Francisco Suarez

 

EPJS-SF-008-02351-Mensurador

PT_TT_CMZ-AF-GT_N_2_22_1

Descubra mais na Torre do Tombo…

… e na Biblioteca da Torre do Tombo:

Última Actualização: 17 de Fevereiro de 2014