Saltar os Menus

A viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães

O português Fernão de Magalhães ficou para a história como o primeiro homem a empreender a primordial e bem sucedida viagem de circum-navegação, sob os auspícios de Carlos I de Espanha.

Não é certa a data ou local do seu nascimento, que terá ocorrido cerca de 1480 no Norte de Portugal, possivelmente no Porto. Outras localidades como Sabrosa, Gaia e Ponte da Barca também reclamam como filho da terra.

Serviu na carreira da Índia, esteve ao serviço de vários governadores e no Norte de África entre 1505 e 1514.

Apresentado ao rei de Castela, Carlos I, (futuro imperador Carlos V) o seu projecto de atingir as terras das especiarias rumando a Ocidente, obtêm a sua aprovação.

A sua esquadra partiu de Sanlúcar de Barrameda em 20 de setembro de 1519 e, era composta por cinco navios e uma tripulação total de 234 homens, entre os quais alguns portugueses.

A viagem sofreu várias vicissitudes, desde o motim da tripulação, tempestades, o frio do Inverno, os confrontos com indígenas, as sucessivas tentativas para encontrar a passagem para o Oceano Pacífico, o que aconteceu em novembro de 1520.

Foi na ilha de Cebu, nas Filipinas, a 27 de abril de 1521 que Fernão de Magalhães morreu, às mãos de um chefe de uma tribo local, na sequência de mais um conflito.

A viagem prosseguiu sob o comando de Juan Sebastián Elcano. Apenas um navio regressou a Sevilha a 8 de setembro de 1522 com tão só 18 sobreviventes, um dos quais António Pigafetta, italiano que escreveu o diário da viagem.

Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 53058

Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 68760

A nau São Miguel da frota de Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 10296

A chegada de Fernão de Magalhães à Baía de Santa Luzia, hoje Rio de Janeiro. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 19527

A armada de Fernão de Magalhães na Antártida. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 18862

Desembarque de Fernão de Magalhães na ilha de Cebu. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 10296

A morte de Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, SNI, Arq. Fotográfico, n.º 10296

Regimento que El-rei de Castela, Carlos I, deu a Juan de Cartagena, seu capitão e vedor-geral da armada de Fernão de Magalhães, e aos mais oficiais dela, e em que constam inclusos os capítulos que o mesmo rei assentou com o dito Fernão de Magalhães e Rui Faleiro, quando os mandou descobrir terras. 1519-04-06. Portugal, Torre do Tombo, Corpo Cronológico, Parte III, mç. 7, n.º 18.

 
  Ordem do rei de Espanha para que os capitães, pilotos, oficiais, mestres e contra-mestres marinheiros obedeçam a Fernão de Magalhães, capitão-geral da armada para Moluco e outras terras a descobrir. 1519-04-19. Portugal, Torre do Tombo, Corpo Cronológico, Parte I, mç. 24, n.º 64.
Carta malaia enviada pelo rei de Ternate para Malaca na qual pede socorro a Portugal, fala na morte do rei Bayan Sirullah, da vinda de duas naus da frota de Fernão de Magalhães e da amizade do rei de Tidor com os castelhanos. 1522. Inclui a tradução da carta feita por Jorge de Albuquerque, governador da Índia, de Malaca em 28 de Agosto de 1522. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 15, mç. 15, n.º 7.  
Descubra mais na Torre do Tombo…

  • Carta de João Rodrigues para o rei sobre a conversa que tivera com Fernão de Magalhães. 1511-05-10. Portugal, Torre do Tombo, Corpo Cronológico, Parte I, mç. 10, n.º 31.
  • Carta de Simão Álvares para o rei, na qual o informou ter recebido as suas cartas e que Cristóvão de Aro e João de Cartagena tinham chegado a Sevilha, com capítulos contrários ao regimento de Fernão de Magalhães. 1513-07-18. Portugal, Torre do Tombo, Corpo Cronológico, Parte I, mç. 13, n.º 20.
  • Carta de mercê dada pelos reis católicos, D. Joana e D. Carlos, a Rui Faleiro e a Fernão de Magalhães, naturais de Portugal, considerando-os capitães de uma armada a enviar em descoberta de novas terras do oceano. 1518-03-22. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 8, n.º 39.
  • Carta de Álvaro da Costa a D. Manuel I dando conta do que se passara com o rei de Castela, para o dissuadir do descobrimento que determinava mandar fazer por Fernão de Magalhães. 1518-09-28. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 8, n.º 38.
  • Carta do rei de Castela, Carlos I, para o rei de Portugal, D. Manuel I, na qual lhe assegurava que a Armada que ele mandara à Índia em nada prejudicava os interesses de Portugal. 1519-02-28. Refere Fernão de Magalhães e Rui Faleiro como capitães da Armada. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 5, n.º 26.
  • Minuta da carta de D. João III a Luís da Silveira a respeito do que diria ao imperador Carlos V sobre a nau que viera de Maluco. 1522-09-28. Refere Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 15, mç. 1, n.º 59.
  • Credencial do imperador Carlos V enviada ao rei D. João III de Portugal para que acreditasse no seu embaixador e secretário Barroso a respeito do contrato de Maluco. 1522-12-12. Refere Fernão de Magalhães. Estão juntos uns capítulos propostos pelo imperador para melhor se guardar o capitulado entre as duas coroas. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 2, n.º 45.
  • Carta de António de Brito ao rei D. João III na qual lhe conta o que se passara na viagem de Banda, como se houvera com os castelhanos e da sujeição do rei de Ternate como vassalo de Portugal. 1523-05-06. Refere Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 2, n.º 25.
  • Fragmento de carta de João Rodrigues Mouzinho para o rei. 1523-11-02. Pede ao rei para mandar logo romper a carta, para do que diz não saiba nenhuma pessoa, por causa do dano que isso causaria. Refere que Estêvão Gomes, piloto que foi com Fernão de Magalhães, o qual estava ali para ir com a caravela que tinha. Queriam que fosse nas naus que estavam feitas para ir a Maluco, que partiam para Março, mas que não queria ir nelas porque as naus não podiam ir a Maluco, sem tocar em muitas coisas do rei, pelo que estava descontente. Portugal, Torre do Tombo, Fragmentos, cx. 1, mç. 2, n.º 16.
  • Fragmento de minuta de carta de D. João III para D. João da Silveira sobre os esponsos. [post. 1521]. Refere Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, Fragmentos, cx. 3, mç. 1, n.º 6.
  • Papéis pelos quais consta que em 1508 se descobrira Malaca e as ilhas de Maluco. Refere Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 15, mç. 10, n.º 8.
  • Carta de Tristão de Ataíde ao conde de Vimioso dando contas das notícias da Índia e da sua vinda para Maluco.1526-05-20 / 1534-02-20. Tem junto: – Traslado da carta que o imperador enviou a D. Fernando Cortez sobre a viagem que o mandara fazer às ilhas de Maluco. Granada, 1526, Junho, 22; – Traslado do regimento no qual se conta como em 1519 Fernão de Magalhães fora enviado a Maluco, e se estabelece um plano de informações a dar e instruções a seguir. Granada, 1526, Maio, 20. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 8, n.º 15.
  • Carta de Tristão de Ataíde a D. João III na qual lhe fala da sua viagem a Maluco. 1526-05-20 / 1534-02-20. Tem junto: – Traslado de outra carta que o imperador enviou a D. Fernando Cortez; – Traslado do regimento em que se fala da viagem mandada fazer a Fernão de Magalhães em 1519.Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 8, n.º 20.
  • Carta de D. João III aos doutores António de Azevedo, Francisco Cardoso e Gaspar Vaz que se encontravam em Castela para tratarem do negócio de Maluco. [1533]-[–]-29, Évora. Refere Fernão de Magalhães. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 15, mç. 10, n.º 9.
  • Carta do licenciado Afonso Fernandes Jacobs ao rei na qual lhe pede que mande procurar cartas escritas pelo rei de Espanha a Diogo Lopes de Sequeira, estando na Índia, sobre a ida de Fernão de Magalhães a Maluco para que pudesse estabelecer com mais clareza a posse de Maluco. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 18, mç. 2, n.º 33.
  • “Livro de Duarte Barbosa” e outros papéis. [15–]. 1 liv. (286 f.); papel. Este livro contém: – “Livro de Duarte Barbosa já impresso pela Academia Real das Ciências” (p. 1 a 158); – “Relação dos governadores e vice-rei da Índia até 1550” (p. 159 a 162); – “Navegação e viagem de Fernão de Magalhães quando descobriu o estreito do seu nome”. É um roteiro feito por um piloto genovês que foi na armada (p. 163 a 173); – “Fragmentos de crónica, que se devem examinar. Parecem à primeira vista serem as de Ruy de Pina” (p. 175 a 286). Portugal, Torre do Tombo, Manuscritos do Brasil, liv. 25.
  • Lendas da Índia, de Gaspar Correia. [15–]. Portugal, Torre do Tombo, Códices e documentos de proveniência desconhecida, n.º 40, 41, 42 3 43. É a primeira crónica portuguesa que menciona a viagem de Magalhães.
  • A Gonçalo Rodrigues de Magalhães, fidalgo da casa real, filho de Fernão de Magalhães, fidalgo da casa real, a partir de 1 de Janeiro de 1497, mercê da tença de seu pai no valor de 7$000 reais.1498-02-05. Portugal, Torre do Tombo, Portugal, Torre do Tombo, Chancelaria de D. Manuel I, liv. 28, fl. 56v.
  • O escultor Diogo de Macedo ultimando o baixo-relevo de Fernão de Magalhães, destinado a decorar o pavilhão de Portugal na Exposição Colonial de Paris. 1931-01-22. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 19, doc. 0083F.
  • “A guarnição do navio-escola chileno ‘Almirante Riveros’ prestando homenagem ao navegador Fernão de Magalhães, junto do seu monumento”.1962-08-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 147, doc. 1391AN.
  • “A guarnição do navio-escola chileno ‘Almirante Riveros’ prestando homenagem ao navegador Fernão de Magalhães, junto do seu monumento”.1962-08-21. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 147, doc. 1392AN.
  • “Os cadetes do navio-escola chileno ‘Esmeralda’ (fundeado no Tejo), com o passo de ganso típico da sua formação militar no tipo germânico prestam homenagem a Fernão de Magalhães, junto do seu monumento na Praça do Chile”.1965-07-27. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 165, doc. 1957AQ.
  • “Homenagem promovida pela Liga dos Amigos do Chile à memória de Fernão de Magalhães, junto ao monumento daquele navegador, na Praça do Chile”.1969-11-28. Portugal, Torre do Tombo, Empresa Pública Jornal O Século, Álbuns Gerais n.º 191, doc. 4312AU
  • Documento do Almirante Gago Coutinho sobre duas viagens: a empreendida por Cristóvão Colombo e a realizada por Fernão de Magalhães, assinalando os três pontos fundamentais que caracterizam esta última. 1930-05-10. Portugal, Torre do Tombo, Gavetas, Gav. 25, mç. 4, n.º 12.
  • Processo respeitante à proposta de orçamento da escultora Maria Irene Vilar para criação de um Monumento a Fernão de Magalhães.1982-07-23 / 1982-09-09. Portugal, Torre do Tombo, Secretaria de Estado da Cultura, Gabinete 1, cx. 530, n.º 6.
  • “Fernão de Magalhães. Navegador. Século XVI”. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Arquivo Fotográfico, Documental, II-3, doc. 53058.
  • “Fernão de Magalhães. Navegador. Século XVI”. Portugal, Torre do Tombo,Secretariado Nacional de Informação, Arquivo Fotográfico, Documental, II-3, doc. 68760.
  • “Fernão de Magalhães. Navegador. Século XVI”. Portugal, Torre do Tombo, Secretariado Nacional de Informação, Arquivo Fotográfico, Documental, II-3, doc. 68761.
 ... e na Biblioteca da Torre do Tombo

  • FERRÃO, António – Fernão de Magalhães e a sua viagem de circum-navegação. Sernache de Bonjardim: Tip. do Instituto, 1921. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SV 1907(5).
  • OLIVEIRA, Fernando – Fernando Oliveira´s Viagem de Fernão de Magalhães = [The voyage of Ferdinand Magellan]: from the original manuscript in the University Library of Leiden, Netherlands / by Pierre Valiére (1976); english translation by P.G.H. Schreurs msc. 1999. Tradução do francês, que foi por sua vez traduzido do original português. Facsimile do original português, que se encontra na Biblioteca da Universidade de Leiden. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 910.4(093).
  • BAIÃO, António – Fernão de Magalhães e a primeira circum-navegação ao globo. Arquivo Histórico Português. Vol. 2 (1904). Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SV 1804.
  • BAIÃO, António – Fernão de Magalhães: dados inéditos para a sua biografia. Arquivo Histórico Português. – Vol. 3 (1905). Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SV 1805.
  • LAGOA, 4º Visconde de – Fernão de Magalhães: a sua vida e a sua viagem. Pref. de António Baião. Lisboa: Seara Nova, 1938 (Barcelos: Companhia Editora do Minho). CNCDP ANTT. Livro 1. Livro 2. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca,796]714(1-2)/06, SV 5936.
  • COLÓQUIO LUSO-ESPANHOL DE HISTÓRIA ULTRAMARINA, 2, Lisboa, 1973 – A viagem de Fernão de Magalhães e a questão das Molucas: actas. Ed. A. Teixeira da Mota. Lisboa: Junta de Investigações Científicas do Ultramar, 1975. – XXV, 764, [2] p., [1] desdob. : il. ; 29 cm. – (Centro de Estudos de Cartografia Antiga. Memórias ; 16. Secção de Lisboa). – Transcrição de documentos do ANTT (p. 567): Corpo Cronológico. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 744/06, SV 8227.
  • PORTUGAL BRAZIL- Portugal Brazil: the age of Atlantic discoveries. Essays by Luís Albuquerque… [et al.] ; a note to reader from Fernando Collor and Mário Soares ; forewords by Iza Chateaubriand Sessler, Timothy S. Healy ; ed. Max Justo Guedes, Gerald Lombardi. – Lisbon: Bertrand ; Milan: Franco Maria Ricci ; New York: The Brazilian Cultural Foundation, 1990. – 270 p. : il., fac-simil. ISBN 972-25-0504-1. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 967/06, SV 9880.
  • VELOSO, Queirós – Fernão de Magalhães: a vida e a viagem. Lisboa: Império, 1941.(Ocidente). CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 1557/06, SV 6091.
  • LIMA, Américo Pires de – A botica de bordo de Fernão de Magalhães. [S.l.: s.n.], imp. 1942 (Porto: Tip. Porto-Médico). Sep. Anais da Faculdade de Farmácia do Porto, 4. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca,1888/96.
  • VELOSO, Queirós – A naturalidade de Fernão de Magalhães. Rio de Janeiro: Sociedade Luso-Africana, 1936. Portugal, CNCDP. Torre do Tombo, Biblioteca,1964/06, SV 9096 (2).
  • FREITAS, Manuel Alcino Martins – Fernão de Magalhães nasceu em Sabrosa, distrito de Vila Real, província de Trás-os-Montes. [S.l. : s.n.], imp. 1980 (Vila Real: Min. Transmontana). CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 1965/06.
  • SILVA, José Emílio dos Santos e – Fernão de Magalhães, fidalgo da casa Real Portuguesa 1480-1521, e a volta ao mundo, 1519-1522: compilação de vários autores.- Lisboa: Agência Geral das Colónias, 1930. Bol. Agência Geral das Colónias, 56, 57, 58. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca,1940/06.
  • PERES, Damião – Fernão de Magalhães e o problema da comunicação do Atlântico com o Pacífico. Lisboa: Centro de Estudos da Marinha, 1972. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 176/07.
  • MAUFFRET, Yvon – Fernão de Magalhães: cavaleiro português, capitão de Sua Majestade o Rei de Espanha, que quis dar a volta ao mundo. 1ª ed. Porto: Asa, 1994. (As minhas memórias). CNCDP. ISBN 972-41-0381-1. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 221/07.
  • DORNELAS, Afonso de – Em prol de Fernão de Magalhães. Lisboa: Casa Portuguesa, 1921. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 1194/07.
  • BARROS ARANA, Diego de – Vida e viagens de Fernão de Magalhães. Trad. do hespanhol de Fernando de Magalhães Villas-Boas. Lisboa: Typ. da Academia Real das Sciencias, 1881. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SV 5004.
  • ZWEIG, Stefan – Fernão de Magalhães; trad. de Maria de Castro Henriques Osswald. Porto: Livr. Civilização, 1938. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, BC 10070.
  • FERNÃO DE MAGALHÃES – Fernão de Magalhães: a primeira viagem à volta do mundo contada pelos que nela participaram. Pref. e notas de Neves Águas. Mem Martins: Europa-América, D.L. 1987. (Estudos e documentos ; 224). CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, PP 1527/06.
  • VELOSO, Queirós – A naturalidade de Fernão de Magalhães. Rio de Janeiro: Sociedade Luso-Africana, 1936. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SEC 5218.
  • RESENDE, Miguel Pinto de – Pereiras de Sanfins: subsídios para a sua genealogia. Que relação familiar com o navegador Fernão de Magalhães. Lisboa: Armas e Troféus, 2014. Separata de Armas e Troféus, IX Série, tomo XVI (2014). Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 929.52, SV 115/15 (1-2).
  • A LINK WITH MAGELLAN – A link with Magellan: being a chart of the East Indies. Washington: [s.n.], 1929. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SV 568/96.
  • LE VOYAGE DE MAGELLAN – Le voyage de Magellan: raconté par un homme qui fut en sa compagnie / ed. lit. de Pierre Valiére ; trad. et comment. par Fernando Oliveira ; pref. de Paul Teyssier. Paris: Centro Cultural Português, 1976. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 505/07, SV 8287, SV 9200.
  • PIGAFETTA, Antonio- Relacja z wyprawy Magellana dookola swiata. Gdansk : Novus Orbis, 1992. (Novus Orbis). CNCDP. ISBN 83-85560-02-5. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 1220/07.
  • FLORENS ASENSIO, Vicente – La primera vuelta al mundo: relación documentada del viaje de Hernando de Magallanes y Juan Sebastian del Cano. 1519-1522. Sevilla: imp. de la Guía Comercial, 1903. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, SV 1782.
  • MERINO ÁLVAREZ, Abelardo – Estudios historico-críticos sobre Magallanes. Madrid: Impr. del P. de H. de I. I. M., 1917. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 226/07.
  • FIGUEROA, Marquês de – Las navegaciones oceánicas y la civilización peninsular personificada en Magallanes. Madrid: Unión Ibero-Americana, 1921. CNCDP. Portugal, Torre do Tombo, Biblioteca, 1205/07.
  • Coelho, António Borges João de Barros: vida e obra. 1ª ed. [Lisboa]: Grupo de Trabalho do Min. da Educação para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1997. CNCDP. ISBN 972-8186-31-2. Torre do Tombo, Biblioteca, 292/07.
Última Actualização: 5 de Setembro de 2019
Arquivo Nacional Torre do Tombo